• O Canal da Lili

Câmara Inclusiva inspira ações de acessibilidade em agências bancárias

O modelo de formulação das atividades previstas no projeto Câmara Inclusiva, desenvolvido desde 2019 no Legislativo piracicabano, motivou representantes do Sindban (Sindicato dos Bancários de Piracicaba) a conhecerem de perto a iniciativa nessa quinta-feira (4), quando se reuniram com a diretora do Departamento de Comunicação, Valéria Rodrigues.


Representantes do Sindban conheceram de perto a iniciativa, nessa quinta (4), em reunião com a diretora do Departamento de Comunicação, Valéria Rodrigues - Imagem: Divulgação

Letícia Françoso e Cesar Nascimento, diretores do Sindban, atuam na Secretaria de Assuntos PCD da entidade sindical e conheceram a proposta apresentada na Câmara como parte do programa Parlamento Aberto, que atua para ampliar a participação popular e a transparência da Casa. “Não dá para implantar um projeto como o nosso sem dialogar com as pessoas que serão beneficiadas e com quem entende do tema”, avalia Valéria, que recordou o período em que a Câmara recebeu representantes de entidades que atendem pessoas com diferentes tipos de deficiência.


O encontro também contou com as servidoras Erica Dinis e Jandira Souza, de forma remota, que integram o Grupo de Trabalho Interno do Câmara Inclusiva. O resultado das propostas levadas à Câmara tem refletido em conquistas como a licitação, já em vias de realização, para introduzia tecnologia closed caption (conhecida como legenda oculta) nas transmissões da TV Câmara e que que permitirá que as pessoas com deficiência auditiva acompanhem a programação.


Previsto no cronograma das ações em 2021, que será apresentado à Mesa Diretora, teve início o procedimento que vai resultar na licitação para contratação da reforma dos dois banheiros do segundo andar do prédio, localizados no hall do Salão Nobre Helly de Campos Melges. Desde agosto de 2018, a Câmara inclui nas transmissões da TV Câmara o serviço de intérprete de Libras durante reuniões ordinárias e extraordinárias, audiências públicas obrigatórias por lei e nos projetos especiais de grande relevância.


BANCÁRIO EFICIENTE

Durante a reunião, os representantes do Sindban apresentaram o projeto “Bancário Eficiente”, que realizou levantamento sobre as condições de acessibilidade e de inclusão do bancário com deficiência em 67 agências bancárias da base da entidade.


O relatório desse estudo cobrou dos bancos uma série de ações previstas em lei e outras que contribuem para o conforto e acessibilidade no atendimento de pessoas com mobilidade reduzida e PCDs. “Muitas mudanças já foram realizadas, como a instalação de banheiros adaptados, de piso podotátil, botoeiras e elevadores, mas ainda falta muita coisa”, disse Letícia, que também é presidente interina do CEAPcD (Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência de São Paulo) e integrante do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, assim como Cesar Nascimento.


César Nascimento lembra que a cobrança continua. “Este ano tivemos uma reunião com o gerente de Logística da Caixa para apresentar o relatório e cobrar ações que servem tanto para os funcionários como para os clientes”, explicou. “Foi muito importante conhecer melhor o projeto do Sindban. Aprendemos muito hoje e vamos levar em consideração esse aprendizado ao implementarmos o que for necessário na Câmara”, comentou Valéria.

Posts em destaque
Postagens Recentes
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon

© 2017 by Eliana Teixeira. Proudly created with Wix.com