Pandemia de coronavírus: cuidados básicos para se ter com cães e gatos

Atualmente, a pandemia do coronavírus – causador da Covid-19 – é uma realidade no Brasil e no mundo. A cada dia fica maior o número de pessoas infectadas pelo vírus, fato que vem afligindo a todos. Mas a preocupação não está acontecendo apenas em relação à contaminação e transmissão da doença em humanos. Também tem se debatido sobre a possibilidade de o vírus afetar aos animais de estimação.

Diante desse cenário, existe a chance do coronavírus em cães e gatos? Se sim, será que os pets podem transmitir a doença? Por causa dessas e de outras dúvidas sobre coronavírus, veterinários da Vet Quality elaboraram um conteúdo especial, focado no assunto. Embora muito tem se discutido a respeito da contaminação e transmissão do coronavírus em animais de estimação, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), não há evidência de que os animais domésticos, como cães e gatos, tenham sido infectados e que, consequentemente, possam transmitir o Covid-19 para os humanos.


Por si só, essa informação já traz um grande alívio para os tutores ao redor de todo o mundo. Além disso, alguns estudos estão sendo realizados para entender como o organismo de diferentes animais pode reagir ao coronavírus. Inclusive, a própria OMS está monitorando essas pesquisas.


Coronavírus canino: existe essa doença?


A resposta é sim. Cães e gatos sofrem de coronavírus, mas é muito importante ressaltar que não é o mesmo vírus associado à pandemia em que estamos vivendo atualmente. Esse tipo de coronavírus em cães e gatos não têm o costume de gerar problemas respiratórios como o Covid-19, por exemplo. Assim, os coronavírus pertencem à família Coronaviridae, ou seja, o alfa e o beta coronavírus geralmente infectam mamíferos, enquanto o gama e o delta coronavírus normalmente afetam pássaros e peixes.


Nos cães, um dos sintomas desse coronavírus pode gerar diarreia leve. Já o coronavírus felino, pode causar peritonite infecciosa felina (PIF), são ambos alfa-coronavírus. Dessa forma, é necessário reforçar: o coronavírus dos cães não é o mesmo do Covid-19. Mas, independentemente disso tudo, é sempre importante ter cuidados com a saúde e bem-estar dos animais de estimação.


Cuidados com os pets em meio ao Covid-19


Como dito anteriormente, os cuidados com os pets são sempre importantes. Dar as vacinas obrigatórias, cuidar da alimentação, praticar exercícios e outros fatores, contribuem para uma boa imunidade e saúde no geral. E em meio ao Covid-19, é preciso ficar ainda mais atento. De acordo com o CDC (Centro de Controle de Prevenção de Doenças), é indicado que se restrinja o contato com os animais enquanto o tutor está doente. E os tutores precisam também tomar cuidados básicos de higiene ao manusear os seus pets.


E quais seriam essas precauções?


Lavar as mãos antes e depois de tocar nos cães e gatos, seus alimentos ou suas fezes e urina; evitar beijar, lamber ou compartilhar alimentos com os pets; na hora dos passeios, evitar lugares aglomerados, como parques e outros lugares com muitas pessoas. Se possível, é válido pedir para outra pessoa cuidar do pet enquanto o tutor está infectado pela Covid-19.


Posts em destaque
Postagens Recentes
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon

© 2017 by Eliana Teixeira. Proudly created with Wix.com